sábado, 7 de maio de 2011

Anos 2000

A década de 2000 é marcada pela explosão de um dos maiores fenômenos da música pop até hoje, a cantora norte-americana Britney Spears, que se tornou a artista mais popular do século XXI. Britney vendeu 100 milhões de cópias de álbuns, 10 milhões de DVD’s e 90 milhões de singles pelo mundo, e foi quem mais vendeu discos na década. Tem 6 de seus sete álbuns estreiando em #1 na Billboard, foi a artista mais a nova a ganhar uma estrela na calçada da fama, e ocupou com apenas 20 anos o topo da mais renomada lista de poderosos do mundo da revista Forbes. É o ícone mais importante da cultura americana segundo a CNN e a artista mais popular da terra pela BBC, além de ser a melhor performer do mundo segundo o VH1. Britney fechou a década de 2010 como a artista feminina mais bem sucedida do mundo da música depois de Chere Madonna, e foi considerada a artista da década pelo Popeater e a artista mais influente da década pelo VH1. Também foi o termo mais procurado da internet por 9 anos consecutivos segundo os sites de busca Google e Yahoo. Em 2001 Britney foi nomeada pela crítica especializada como a princesa do Pop. Baby One More Time vendeu incríveis 28 milhões de cópias em todo o mundo e é considerado um dos mais influentes álbuns da história pop, além de ser o álbum de estréia com maior vendagem de uma artista feminina no mundo. Blackout foi considerado o 5º melhor álbum pop de todos os tempos. Em 2009 saiu em turnê para promoção do álbum Circus. A The Circus Starring: Britney Spears foi a turnê mais rentável de 2009 e a quinta maior turnê feminina da história. Para comemorar seus 10 anos de carreira, Britney lançou a coletânea The Singles Collection, que traz seus maiores sucessos além de uma canção inédita como carro chefe: 3, que estreou em #1 na Billboard. Britney Spears move hoje sozinha 2% da economia americana e 5% da economia fonográfica mundial. Após se consagrar como a maior e melhor popstar da nova geração, inigualável entre seus contemporâneos, Spears lança seu primeiro álbum na nova década, Femme Fatale que estreiou novamente na 1ª posição da Billboard. O Primeiro Single, Hold It Against Me, lhe rendeu quase 20 recordes e o Segundo Single, titulado de Till The World Ends, ganhou um dos melhores videoclipes de sua carreira.

Madonna lança 10 álbuns nessa década sendo todos os seus álbuns de inéditas bem sucedidos com exceção de American Life que foi censurado contendo em sua faixa álbum críticas ao "sonho americano" e a guerra do Iraque, seu clipe inicial foi banido onde mostrava várias cenas de terror em um desfile de moda do exército faz críticas também ao ex-presidente americano George W. Bush. Madonna faz mais records que a impata com um record de Elvis Presley e também mais um record com o single Celebration de sua coletânea do mesmo nome lançado em 2009 e entra mais uma vez para seu terceiro record das maiores turnês, sua maior turnê e última até então ganha o prêmio de melhor turnê do ano e é a maior turnê de um artista solo da história assim como a segunda maior turnê da história e em arrecadação a Sticky and Sweet Tour, batendo record pela terceira vez de maior turnê feminina, sendo os três primeiros lugares seu com turnês da mesma década. Além de vários outros títulos nessa década Madonna foi eleita a artista mais ouvida dessa década também e é considerada a maior artista do entretenimento.

Outro destaque foi Pink a qual nesta década lançou 5 álbuns, Can't Take Me Home (o 1° dela lançado em 2000), Missundaztood!, Try This,I'm Not Dead, e Funhouse.A cantora, ja recebeu 2 premios Grammy Awards, 3 do VMA entre muitos outros. Os maiores sucessos de Pink foram Threr You Go (seu primeiro single, que estourou no mundo todo), Get the Party Started , Don't Let Me Get Me, Trouble, Stupid Girls,Who Knew, U+Ur Hand, So What (o qual chegou ao topo de mais de 15 charts pelo mundo), Sober e Please Don't Leave Me.O sucesso da Superstar continuou pela próxima década.

Christina Aguilera, quando lançou sua carreira, em 1999 foi criticada, como sendo aspirante de Britney Spears, já que o estilo de seu primeiro álbum lembra bastante o de Spears. Seu primeiro álbum emplacou 4 hits Top 5 na parada musical mais importante,a Billboard Hot 100. Em 2001, faz um cover de um clássico dos anos 1970 “Lady Marmalade”. Em 2002, Christina lança um álbum, Stripped, muito criticado no começo por sua incrível habilidade vocal ter sido ofuscada por sua imagem um pouco exagerada sexualmente criada no primeiro single deste álbum, Dirrty, mas logo foi eleito um dos melhores álbuns Pop da década, sendo assim Christina deu a volta por cima, estourando com os sucessos Beautiful e Fighter. Em 2006, muda novamente seu estilo com Back to basics, que desta vez puxa para o pop dos anos 1920, 30 e 40, que também foi muito bem recebido e vendeu cerca de 6 milhoes. Back To Basics foi aclamado pela crítica e elevou o nível de Christina. O álbum estreou em 1º em 15 países e nos Estados Unidos e no Reino Unido. Na cerimônia do Grammy de 2007, Aguilera fatura um prêmio Grammy na categoria Melhor Desempenho por “Ain't No Other Man”. A Back to Basiscs Tour foi a turnê feminina mais bem sucedida em 2007, arrecadando 93 milhões de dólares com alguns show cancelados. Em 2008, Aguilera tve seu primeiro filho, Max Liron, fruto do casamento com Jordan Bratman. Nesse mesmo ano, lança sua primeira coletânea, Keeps Getting Better: A Decade of Hits e alcançou a 9ª posição na Billboard 200 e o primeiro single Keeps Gettin' Better alcançou a 7ª posição na Billboard Hot 100.

Em 2002 a dupla Sandy & Junior já com 12 anos de carreira lançam seu primeiro álbum internacional gravado em inglês, com mais de 17 milhões de discos vendidos e depois de 17 anos de carreira, em 2007 a dupla se separa. A cantora Sandy segue em carreira solo lançando seu álbum de estreia em 2010 intitulado Manuscrito, a cantora recebeu disco de ouro em apenas duas semanas de lançamento do seu cd.

A banda russa t.A.T.u. composta por duas garotas: Lena Katina e Yulia Volkova, entra para mídia internacional lançando um clipe intitulado All the Things She Said. No videoclipe elas usam uniformes colegiais cantando na chuva e na neve. As duas acabam se beijando atrás de uma vedação com um público do lado de fora as observando. É suposto passar a ideia de que o público está observando duas lésbicas se beijando em uma espécie de jaula. O vídeo acaba com as duas garotas indo para trás do edifício com a chuva parando à medida que elas se afastam, revelando que na verdade os observadores, o povo que estava vendo as garotas são os verdadeiros prisioneiros, prisioneiros da ignorância. O Clipe fez muito sucesso e causou muita polêmica na época. Tempos depois as meninas revelaram que não passava de uma jogada de marketing e que nenhuma das duas são lésbicas de verdade.

Cher em 2002 deu início a Living Proof: The Farewell Tour, um verdadeiro espetáculo onde, aos 56 anos de idade, fez uma grande retrospectiva de sua carreira, desde o clássico dos anos 60 I Got You Babe até os megahits Believe e Song for the Lonely. Os shows foram abertos pelas cantoras Carrie Underwood e Cyndi Lauper, e contaram com a participação dos dançarinos do Cirque du Soleil. A turnê ganhou um especial exibido pela NBC, que atraiu um público recorde de mais de 20 milhões de telespectadores e gerou o DVD The Farewell Tour, um incrível sucesso de crítica e vendas ganhador do Emmy Awards. Em 2008, após três anos de reclusão da mídia, Cher, aos 61 anos de idade, anunciou um contrato com o Caesar’s Palace para se apresentar durante dois anos no teatro Colosseum, em Las Vegas, fazendo dela a cantora mais rica do planeta, com uma fortuna pessoal avaliada em um US$ 1 bilhão de dólares. Cher deu início a maratona de shows no dia 6 de maio de 2008. No final do ano, foi reconhecida como o investimento mais lucrativo da história do Colosseum.

Em 2004 surgiu o fenômeno juvenil, o grupo mexicano 'RBD', que era composto pelos artistas mexicanos Anahí, Alfonso Herrera, Dulce María, Christopher Uckermann, Maite Perroni e Christian Chávez. Após o extremo sucesso dos álbuns Rebelde e Nuestro Amor, a banda alcançou um reconhecimento mundialmente em 42 países, incluindo (Brasil, Inglaterra e Japão). O grupo mexicano conseguiu uma legião de fãs e diversos prêmios, foram 180 prêmios internacionais em apenas 4 anos de carreira e hoje o RBD é a banda mais premiada do planeta com um récorde histórico de tempo (apenas 4 anos). O álbum Celestial foi o terceiro e mais bem sucedido da banda alcançando o topo das maiores paradas de sucesso do planeta, o álbum foi tão bem sucedido no mundo que chegou a ser premiado na Indonésia (fato não esperado por parte da própria gravadora EMI Music). Após o lançamento do quarto álbum, em inglês, intitulado de Rebels o RBD passou a ganhar mais fama na Ásia e o seu maior hit em inglês até hoje se chama Tu Amor que foi tocado nas principais rádios do maior e mais diversificado continente do planeta, a Ásia. Meses depois a banda chegou a gravar o álbum Empezar Desde Cero que mostra o lado mais adulto dos 6 integrantes, os hits do álbum Inalcanzable, Empezar Desde Cero, Fui La Niña e Besame Sin Miedo; alcançaram no topo das paradas da Billboard assim como os outros álbuns anteriores, mas foi o álbum mais bem elogiado por parte da empresa. Depois de entrar na lista dos maiores embaixadores históricos revolucionários da América Latina, de ser a banda mais premiada do planeta, conseguir o maior sucesso latino na história da Ásia, chegar a ser comparados com as bandas The Rolling Stones e The Beatles, gravar DVDs para pulblico de um milhão de pessoas, ter a turnê mais lucrativa do mundo e álbum mais bem sucedido do planeta por mais de três vezes, ser o artista do continente que mais vendeu em menos tempo com 50 milhões de álbuns em apenas quatro anos, levar o nome os nomes Paz Amor Tolerância e União para todo planeta, salvar a vida de milhões de jovens com anorexia, quebrar récordes de grandes nomes da música como Madonna e The Rolling Stones; em 2009 o RBD decidiu dar o último adeus aos seus fãs gravando seu último álbum Para Olvidarte de Mí, com letras direcionadas totalmente para seus fãs, também realizaram sua ultima turnê intitulada de Tour Del Adiós ou Turnê do Adeus em português. Hoje em dia cada um deles vivem suas carreiras separados: Alfonso Herrera gravando filmes e ganhando prêmios cinematográficos, Anahí segue cantando agora em carreira solo, Christopher Uckermann decidiu gravar seu primeiro álbum solo e gravar seriados como Kadabra, Maite Perroni decidiu voltar a carreira de atriz e hoje é considerada a rainha das telenovelas do continente, Christian Chávez ingressou na carreira de cantor e gravou o seu primeiro álbum solo muito bem produzido, Dulce Maria também decidiu continuar cantando e uma parte da ex-produção do RBD continou com ela sendo seus músicos. E assim termina o resumo do maior fenômeno que já existiu na América Latina, RBD.

Em 2006, Lily Allen, cantora e compositora britânica, antes considerada a "rainha do myspace", lança seu primeiro single de seu primeiro álbum de estúdio (Alright, Still), Smile, com uma musicalidade diferente, maior valorização ás formas vocais das canções e temáticas relacionadas á vida pessoal. Lily Allen inova com seu estilo alternativo e desencadeia uma febre "Indie" entre os jovens de todo o planeta, porém com a musicalidade e o reconhecimento do mundo pop. Seu primeiro álbum vende aproximadamente 3 milhões de cópias no mundo todo. Polêmica e sem papas na língua, Lily Allen lança ainda os singles (do mesmo álbum) Alfie e LDN, este último não muito bem sucedido nos EUA. Em 2008, Lily Allen divulga mais duas músicas em seu myspace, "I Could Say" e "I don't Know" (mais tardiamente tendo seu nome alterado para "The Fear"). Até que, em 2009, Lily Allen anuncia o lançamento de seu novo álbum, "It's Not Me, It's You"), lançando mais músicas de renome mundial, como a indicadíssima "The Fear", a polêmica "Fuck You", em que critica o governo do ex-presidente dos Estados Unidos, George Bush, e "22", além de "It's not fair" e "Who'd have known" (sendo essa segunda uma cópia da música "Shine", do Take That. Lily Allen, começa, em 2009, sua turnê mundial de divulgação de seu segundo álbum, "It's not me, it's you" (este com valor estimado de vendas em 4 milhões de cópias). Em 2010, ganha seu primeiro prêmio "Brit Awards" (festival de premiação mais importante no mundo da música britânica) de "Melhor Artista Solo Feminina", além de ser indicada em mais duas categorias, como "Melhor Artista Internacional Feminina" e "Melhor Single Britânico" ("The Fear"). Atualmente há especulações de que a cantora pretende se aposentar, mas ela nega. Diz que precisa de um tempo fora da mídia e que não vai parar de fazer música, só está investindo em outros projetos.

Em 2006, projeta-se mundialmente a inglesa Amy Winehouse, trazendo uma batida calma e reciclada do jazz dos anos 60, ganhando fama pelos hits Rehab, You Know I'm No Good e Back to Black, além de sua personalidade forte e seus escândalos. Após dois anos de lançamento de seu segundo álbum de estúdio, ela ganha cinco grammys e depois de um longo período de tratamento em clínicas de reabilitação, volta a viver sem os excessos que estragaram parte de sua vida e promete um novo álbum para 2011. Apesar de ter apenas dois álbuns de estúdio lançados, Amy Winehouse tem uma vasta cleção de prêmios musicais e hits nas paradas. Com o hit Rehab; a cantora ganhou grande ascensão, sendo a canção autobiográficadora e narrando a luta dos executivos da gravadora Island para interná-la numa clínica de Reabilitação. O clipe de You Know I'm No Good traz um tipo de sensualidade diferente da abordada por loiras pop como Britney Spears, sendo este um dos maiores sucessos de sua carreira musical. Estima-se que Amy já tenha vendido 12 milhões de cópias de seu álbum Back to Black.

Jessica Simpson canta músicas mais românticas em um estilo Pop Contemporâneo, em 2008 faz músicas no segmento country e chama a atenção de fãs e grandes nomes no estilo como Willie Nelson e Dolly Parton. Mandy Moore investe na carreira de atriz. Entre 2002 e 2004 surgem novas estrelas como as rivais Hilary Duff e Lindsay Lohan, que passaram a dominar o pop moderno e foi as maiores revelações pop teen da década. Ambas com álbuns de sucesso, Metamorphosis, Hilary Duff, Most Wanted e Dignity de Hilary e Speak e A Little More Personal (Raw) de Lindsay. As duas garotas, são as maiores revelações teen da década. Também em 2002, junto com o fenômeno do programa de TV American Idol, surgiu à cantora Kelly Clarkson. Aos 22 anos ela conseguiu colocar a música A Moment Like This em primeiro lugar na Billboard, batendo o recorde de maior salto ao primeiro lugar (depois superado pela mesma cantora em 2009 com a música My Life Would Suck Without You). Porém seu maior êxito foi em 2005 com o lançamento do álbum Breakaway e da música Since U Been Gone, arriscando-se para o Pop Rock, conseguiu os maiores sucessos de sua carreira, superando a marca de 12 milhões de cópias vendidas mundialmente. Depois de se arriscar em um som mais pesado no My December, tendo problemas com a gravadora, voltou a ter destaque nos charts em 2009 com o álbum All I Ever Wanted. Mariah Carey,que estava sumida do cenário musical desde o fracasso de 2001, teve uma volta triunfal com o álbum The Emancipation Of Mimi, que emplacou o maior hit da década de 2000: We Belong Together ,que ficou durante 14 semanas em 1 na Billboard Hot 100 (a 2º música com mais tempo no topo, atrás de outra música dela, One Sweet Day, parceria com o grupo Boyz II Men). Além disso, venceu 2 Grammys Awards, sendo indicada em 10 categorias naquele ano. O triunfo foi tão grande que Mariah foi cotada para abrir a cerimônia, mas Madonna exigiu que fosse ela a responsável pela abertura do Grammy, mesmo sem ser indicada em nenhuma categoria. Mariah então não abriu a premiação, mas realizou a sua melhor performance ao vivo até hoje, cantando um Medley de We Belong Together e a música gospel Fly Like A Bird, sendo aplaudida de pé logo após a apresentação. Em 2008, lançou o álbum E=MC², e o primeiro single, Touch My Body, tornou-se o 18º hit número um da cantora, quebrando o recorde que pertencia a Elvis Presley. No ano seginte, lançou o CD Memoirs of An Imperfect Angel, que já vendeu mais de 300 mil cópias.

Justin Timberlake e Timbaland se juntam novamente e gravam "Carry Out". A música alcança a 9ª posição no top 10 na Billboard Americana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário